29 de janeiro de 2010

Arrumando meu estudio

Sentei um momento. A arrumação está tomando um rumo cada vez mais difícil.
Meu estúdio, não parece o que é.
Uma tristeza está tomando conta. Eu vou deixar. Parece um aviso. Este lugar maravilhoso, cheio de tudo para poder fazer de tudo um pouco, está abandonado. Eu estou abandonada, eu mesma. La dentro de mim a saudades de fazer é doida.
Não posso me queixar... Que mãe não quer passar as férias dos filhos com eles?

25 de janeiro de 2010

pensamento

Pedidos cujo não é sabido antes da resposta não deveriam ser feitos

6 de janeiro de 2010

Maleiros Vazios

Foram necessários dois dias, persistência, paciência, subir e descer de uma escadinha instável muitas vezes, e muito braço para encher oito sacos de 100 litros com roupas, objetos, jogos e muito mais.
Os sacos foram levados para o “projeto crescer”, onde, necessito acreditar, darão proveito a tudo o que está dentro deles.
Se temos algo que guardamos em um lugar tão pouco prático e que só vemos nos dias de limpeza... Com certeza esse “seja lá o que for “, não é necessário nem tão pouco importante para nós.
Começo 2010 com os maleiros vazios.

2 de janeiro de 2010

fim de ano

Desde que tenho lembrança, só passei dois fins de ano em São Paulo. O primeiro foi quando o meu mais novo nasceu. Ficamos os dois em casa juntos. Ele dormiu como uma pedra e eu... eu também! O segundo foi agora. Em ambos os casos foi maravilhoso. Despretencioso, sem expectativas, sem grandes preparativos. Com certeza está aí o segredo: Despretencioso, sem expectativas e sem grandes preparativos. Fantástico! Eu recomendo um desses para todo o mundo.
FELIZ 2010 PARA TODOS NÓS.